Orquestra Afro-Brasileira em Cena

Fundada pelo maestro Abigail Moura - em , o grupo musical lançou apenas dois discos, sendo que o de foi considerado um clássico da música popular brasileira O som mesclava, entre outros ritmos, o opanijé e alujá especiais para Omolú e Xangô, respectivamente , com as bases das múltiplas cadências encontradas nos cultos das religiões de matriz africana

Orquestra Afro-Brasileira 8 décadas

Apresentação da Orquestra Afro-Brasileira em comemoração aos seus anos de existência, realizada no dia junho de , no Teatro Ipanema

Iluminado Dominguinhos

Iluminado Dominguinhos é um álbum CD/DVD do músico brasileiro Dominguinhos, projeto criado e produzido pelo maestro Zé Américo Bastos e Filmado pela Digi Filmes Em , o álbum foi agraciado com um Grammy Latino, na categoria Melhor Álbum de Raiz Brasileiro

Show Awurê - Ele Manda na Mata

Temos por devoção louvar o Rei das Matas, o caçador de uma flecha só, o Grande Rei Odé, nosso Pai Oxossi

Awurê apresenta Encruzilhadas

Show do Awurê Na Na grande encruzilhada do mundo, onde o amor, o respeito, o afeto, as cores, os sons, os aversos se encontram, aqui estamos pra pedir licença e reverencia o seu ilustre e nobre morador  

Awurê No Ap

O grupo Awurê gravou um show  para comemorar o Lançamento de seu EP em um lindo apartamento na zona sul do Rio de Janeiro

Tributo a Beto sem Braço

O Samba do Mercado Velho homenageou o saudoso compositor Beto Sem Braço com uma roda de samba super especial

Nego Alvaro feat Diogo Nogueira - Bons Ventos

Prepare-se para se deixar levar pelos Bons Ventos da música brasileira Nego Alvaro e Diogo Nogueira se uniram para criar um videoclipe incrível que irá te transportar para uma viagem musical inesquecível

Nossa Escola - Porto da Pedra - EP01

CARNAVAL COMO VOCÊ NUNCA VIU Resenhas sobre as escolas do grupo especial do Carnaval

Ação Zumbi De A a Z - Carnaval de Santa Catarina

Neste primeiro episódio da série, o coletivo de Florianópolis fala da preparação do carnaval de e a história dos desfiles das escolas de samba da capital catarinense

Fluxo e Refluxo

Em poderosa narrativa afro-diaspórica, Aiace lança videoclipe de Fluxo e Refluxo A canção, que chega como um desabafo forte e inovador, faz parte do segundo e recém-divulgado álbum da artista, Eu Andava Como se fosse Voar mergulha profundamente em uma narrativa afro-diaspórica, investigando os movimentos que se estendem desde os tempos do sequestro de pessoas negras vindos do continente africano até, infelizmente, os desafios enfrentados nos dias de hoje A água é a condutora desse processo, sendo ela uma grande testemunha, estrada e conectora desse ir e vir

Balaio Bom - Pra Matar Preconceito

Videoclipe da música Pra Matar Preconceito da Roda Samba Balaio Bom

Pedem os Orixás

Orixás são deuses cultuados pelas muitas crenças africanas, sendo ligados à família e aos clãs No Brasil, são cultuados os seguintes orixás: Exú, Ogun, Omulu, Xapanã ou Abaluaiê, Xangô, Yasan, Oxossi, Nanan, Yemanjá, Oxum, Oxunmarê, Ossain e Oxalá Quem tanto nos dá também tem o direito de pedir

Nossa Escola - Unidos da Tijuca - EP05

CARNAVAL COMO VOCÊ NUNCA VIU Resenhas sobre as escolas do grupo especial do Carnaval

Mundo Selva - O Que Ninguém Vê

Clipe oficial de O que ninguém vê - Mundo Selva

Baú Cultne - Seu Jorge & Soul + Samba

Participação de Seu Jorge cantando os seus sucessos na roda de samba do Grupo Soul+Samba no linhas de Bento Ribeiro no último dia de abril de

Nobre Mulher / Citação: Poema Mulher

Nós por nós: Aiace divulga Nobre Mulher , videoclipe em parceria com Manuela Rodrigues, Mariana Guimarães, Marissol Mwaba, Natália Matos, Brina Costa, Rhaissa Bittar e Siamese Juntas, artistas refletem sobre as inúmeras violências que estão diariamente expostas e registram, sobretudo, seus gritos por igualdade Sonoramente, um clima denso e forte é marcado pelo encontro das percussões, programações eletrônicas e guitarras
Seu vídeo começa em

Orquestra Afro-Brasileira em Cena

46 min - 2021 - Cultne.TV
L
Música - Afro - Show

A nova Orquestra Afro-Brasileira tem uma sonoridade única assinada pelo músico, compositor e barítono Carlos Negreiros.

Fundada pelo maestro Abigail Moura (1904-1970) em 1942, o grupo musical lançou apenas dois discos, sendo que o de 1968 foi considerado um clássico da música popular brasileira. O som mesclava, entre outros ritmos, o opanijé e alujá (especiais para Omolú e Xangô, respectivamente), com as bases das múltiplas cadências encontradas nos cultos das religiões de matriz africana.

Conteúdos Relacionados

Elenco e Equipe