Palestra IFSC/UFRJ - Religiões de Matrizes Africanas e Saúde

Seminário Raça, Gênero e Democracia - EM PERSPECTIVAS COMPARADAS - Diálogos Brasil e EUA realizado em 10 de agosto de 2015 pelo IFSC - Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro, com coordenação do Prof. Dr. Flavio Gomes e o Doutorando Gerson Theodoro (Togo Ioruba). Na oportunidade o seminário recebeu o palestrante José Marmo que ministrou a palestra sobre o "Religiões Afro-Brasileiras e Saúde" dentro do painel "Universidade, Cidadania e Memória Social: legislação, políticas públicas e intelectuais negros".
2

Ilê Omulu e Oxum - Encontro de Saude Pt 2

CULTNE com Filó Filho e Pedro Oliveira em 12 de janeiro de 2012, registraram o Encontro Estadual Religiões Afro-Brasileiras e a Promoção da Saúde no Rio de Janeiro: Corpo, Sexualidades, Prevenção do HIV-AIDS e Direitos Humanos, no Ilê Omulu e Oxum, na Rua General Olímpio da Fonseca 380 em São Mateus - São João de Meriti, no Rio de Janeiro. O objetivo do encontro foi dar continuidade as discussões sobre a epidemia de HIV-Aids, valorizando aspectos relacionados aos modelos de cuidado e acolhimento da tradição religiosa de matriz africana, a importância da participação social e da garantia dos direitos humanos, assim como o fortalecimento do diálogo entre os terreiros e o Sistema Único de Saúde.
1
Saúde do Povo de Terreiro 07:42
EP1 - Ilê Omulu e Oxum - Encontro de Saude Pt1

Ilê Omulu e Oxum - Encontro de Saude Pt1

CULTNE com Filó Filho e Pedro Oliveira em 12 de janeiro de 2012, registraram o Encontro Estadual Religiões Afro-Brasileiras e a Promoção da Saúde no Rio de Janeiro: Corpo, Sexualidades, Prevenção do HIV-AIDS e Direitos Humanos, no Ilê Omulu e Oxum, na Rua General Olímpio da Fonseca 380 em São Mateus - São João de Meriti, no Rio de Janeiro. O objetivo do encontro foi dar continuidade as discussões sobre a epidemia de HIV-Aids, valorizando aspectos relacionados aos modelos de cuidado e acolhimento da tradição religiosa de matriz africana, a importância da participação social e da garantia dos direitos humanos, assim como o fortalecimento do diálogo entre os terreiros e o Sistema Único de Saúde.