Vidas Negras Importam - Ato "Parem de nos matar"

Diante do aumento no número de assassinatos ocasionados pelas polícias do Rio de Janeiro, diversos coletivos que integram o Movimento de favelas do Rio realizaram na tarde de 31 de maio de 2020, o ato “Vidas Negras Importam”. A manifestação é em protesto pelas pessoas assassinadas só neste período de pandemia.

Vidas Negras Importam - Ato no RJ - 07.06.2020

Diante do aumento no número de assassinatos ocasionados pelas polícias do Rio de Janeiro, diversos coletivos que integram o Movimento de favelas do Rio realizaram na tarde de 31 de maio de 2020, o ato “Vidas Negras Importam”. A manifestação é em protesto pelas pessoas assassinadas só neste período de pandemia.

Michaela Harrison na Marcha das Mulheres Negras 2015

Marcha das Mulheres Negras contra o Racismo e a Violência e pelo Bem Viver aconteceu em 18 de novembro de 2015, em Brasília e o Acervo Cultne cumpriu o seu papel aglutinador registrando mulheres negras envolvidas no projeto. Na oportunidade gravamos a cantora afroamericana Michaela Harrison que interpretou a capela "A Change Is Gonna Come"(Uma Mudança Virá) de Sam Cooke. A cantora norte-americana Michaela Harrison, radicada em Nova Orleans, já encantou públicos em vários países com a voz e alcance raros.A artista começou a cantar na igreja aos cinco anos de idade. Estudou e viveu no leste da África e no Brasil, sendo fluente em francês e português, além de familiarizada com espanhol e suaíli. Seu repertório, além de autoral, passa também por clássicos do jazz, pop, blues e MPB.

Chamada Marcha (1) das Mulheres 2017 - RJ

Cultne registrou com imagens e edição de Alexandre Dias e Filó Filho a chamada para a marcha na Casa das Pretas no Rio de janeiro no dia 8 de julho de 2017.

Despertar de um povo - Manifestações de Rua

Manifestações de rua registrada pelo fotógrafo Carlos Junior em junho de 2013 na cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Edição Pedro de Oliveira para Cultne.

Mulheres na rua Rio - Parte 2

No dia 8 de março de 1984 várias mulheres reuniram-se para celebrar e reivindicar sua luta no centro da cidade do Rio de Janeiro. Vik Birkbeck da Enugbarijô registrou com Ras Adauto as imagens e gravou entrevistas com várias personalidades como Fernando Gabeira e Benedita da Silva.

Mulheres na rua Rio - Parte 1

No dia 8 de março de 1984 várias mulheres reuniram-se para celebrar e reivindicar sua luta no centro da cidade do Rio de Janeiro. Vik Birkbeck da Enugbarijô registrou com Ras Adauto as imagens e gravou entrevistas com várias personalidades como Fernando Gabeira e Benedita da Silva.

Marielle Presente! - Ato de Luta e Luto

Ato de Luta e Luto em memória de Marielle Franco reunindo cinco mil pessoas num clima de muita emoção. Na noite de quarta feira (14/3/2018) no Rio de janeiro, a vereadora Marielle Franco pelo Psol RJ e seu motorista Anderson Gomes foram executados covardemente com nove tiros. O mundo assistiu uma grande barbárie chocando ativistas e movimentos sociais presentes ao Fórum Social Mundial que se realizava em Salvador. Na manhã seguinte (15) um grande ato foi organizado em memória de Marielle, reunindo cinco mil pessoas que saíram em marcha, numa caminhada pelo campus da Universidade Federal da Bahia e ruas da capital.

Chamada (4) - Marcha das Mulheres 2017 - RJ

Marcha das Mulheres Negras no Centro do Mundo 2017 .

Chamada (3) - Marcha das Mulheres 2017 - RJ

Marcha das Mulheres Negras no Centro do Mundo 2017

Chamada (2) - Marcha das Mulheres 2017 - RJ

Marcha das Mulheres Negras no Centro do Mundo 2017 .

Ato de desagravo à advogada Valeria Lúcia dos Santos no Forúm de Caxias - RJ

Cultne registrou em 17 de setembro de 2018 com imagens e edição de Filó Filho, reportagem espontânea e colaborativa da jornalista e ativista Silvia de Mendonça a entrevista com a advogada Valeira Lúcia dos Santos no Ato de Desagravo ocorrido no Fórum de Caxias, baixada fluminense do estado do Rio de Janeiro.

Marcha das Mulheres Negras RJ - 2017

Cultne registrou no domingo, dia 30 de julho de 2017 na praia de Copacabana a III Marcha das Mulheres Negras do Rio de Janeiro , uma realização das mulheres negras do Estado, seus coletivos e organizações. Mulheres negras foram às ruas mais uma vez para denunciar e celebrar, por visibilidade e respeito a luta contra o racismo, o sexismo e por uma sociedade democrática reafirmando que seus passos vem de longe.

Marcha das Mulheres Negras 2017 - Luciene Lacerda

A psicóloga e membro da organização da marcha, Luciane Lacerda falou a o Cultne no último dia 30 de julho de 2017, na orla da Praia de Copacabana que reuniu cerca de 5 mil pessoas para a mobilização no Rio de Janeiro da Terceira Marcha das Mulheres Negras, organizada pelo Fórum de Mulheres Negras do RJ que celebrou a passagem do Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho. As ativistas defenderam os direitos das mulheres negras a maior acesso à educação de qualidade, à saúde, ao convívio em comunidade e à segurança, na marcha que celebrou o Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho, e os dez anos da Lei 5071/2007, que instituiu a data no calendário oficial do estado do Rio de Janeiro.

Marcha das Mulheres Negras 2017 - Flávia Oliveira

A jornalista Flávia Oliveira falou a o Cultne no último dia 30 de julho de 2017, na orla da Praia de Copacabana que reuniu cerca de 5 mil pessoas para a mobilização no Rio de Janeiro da Terceira Marcha das Mulheres Negras, organizada pelo Fórum de Mulheres Negras do RJ que celebrou a passagem do Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho. As ativistas defenderam os direitos das mulheres negras a maior acesso à educação de qualidade, à saúde, ao convívio em comunidade e à segurança, na marcha que celebrou o Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho, e os dez anos da Lei 5071/2007, que instituiu a data no calendário oficial do estado do Rio de Janeiro.

Marcha das Mulheres Negras 2015 - Roseane Ramos

Marcha das Mulheres Negras contra o Racismo e a Violência e pelo Bem Viver acontecerá, em 18 de novembro de 2015, em Brasília e o Acervo Cultne cumpre o seu papel aglutinador entrevistando mulheres negras envolvidas no projeto. Na oportunidade entrevistamos Roseane Ramos.

Marcha das Mulheres Negras 2015 - Maria Luiza Júnior

Marcha das Mulheres Negras contra o Racismo e a Violência e pelo Bem Viver acontecerá, em 18 de novembro de 2015, em Brasília e o Acervo Cultne cumpre o seu papel aglutinador entrevistando mulheres negras envolvidas no projeto. Na oportunidade entrevistamos Maria Luiza Júnior.

Marcha das Mulheres Negras 2015 - Mãe Beata de Iemanjá

Marcha das Mulheres Negras contra o Racismo e a Violência e pelo Bem Viver acontecerá, em 18 de novembro de 2015, em Brasília e o Acervo Cultne cumpre o seu papel aglutinador entrevistando mulheres negras envolvidas no projeto. Na oportunidade entrevistamos Mãe Beata de Iemanjá.

Marcha das Mulheres Negras 2015 - Larissa Amorim Borges

Marcha das Mulheres Negras contra o Racismo e a Violência e pelo Bem Viver acontecerá, em 18 de novembro de 2015, em Brasília e o Acervo Cultne cumpre o seu papel aglutinador entrevistando mulheres negras envolvidas no projeto. Na oportunidade entrevistamos Larissa Amorim Borges.

Marcha das Mulheres Negras 2015 - Kiusam de Oliveira

Marcha das Mulheres Negras contra o Racismo e a Violência e pelo Bem Viver acontecerá, em 18 de novembro de 2015, em Brasília e o Acervo Cultne cumpre o seu papel aglutinador entrevistando mulheres negras envolvidas no projeto. Na oportunidade entrevistamos Kiusam de Oliveira.

Marcha das Mulheres Negras 2015 - Iêda Leal

Marcha das Mulheres Negras contra o Racismo e a Violência e pelo Bem Viver acontecerá, em 18 de novembro de 2015, em Brasília e o Acervo Cultne cumpre o seu papel aglutinador entrevistando mulheres negras envolvidas no projeto. Na oportunidade entrevistamos Iêda Leal.

Marcha das Mulheres Negras 2015 - Gisele dos Santos Anjos

Marcha das Mulheres Negras contra o Racismo e a Violência e pelo Bem Viver acontecerá, em 18 de novembro de 2015, em Brasília e o Acervo Cultne cumpre o seu papel aglutinador entrevistando mulheres negras envolvidas no projeto. Na oportunidade entrevistamos Gisele dos Santos.

Marcha das Mulheres Negras 2015 - Everlane Moraes

Marcha das Mulheres Negras contra o Racismo e a Violência e pelo Bem Viver acontecerá, em 18 de novembro de 2015, em Brasília e o Acervo Cultne cumpre o seu papel aglutinador entrevistando mulheres negras envolvidas no projeto. Na oportunidade entrevistamos Everlane Moraes.

Marcha das Mulheres Negras 2015 - Elizabeth Viana

Marcha das Mulheres Negras contra o Racismo e a Violência e pelo Bem Viver acontecerá, em 18 de novembro de 2015, em Brasília e o Acervo Cultne cumpre o seu papel aglutinador entrevistando mulheres negras envolvidas no projeto. Na oportunidade entrevistamos Elizabeth Viana.

Marcha das Mulheres Negras 2015 - Deise Benedito

Marcha das Mulheres Negras contra o Racismo e a Violência e pelo Bem Viver acontecerá, em 18 de novembro de 2015, em Brasília e o Acervo Cultne cumpre o seu papel aglutinador entrevistando mulheres negras envolvidas no projeto. Na oportunidade entrevistamos Deise Benedito.

Marcha das Mulheres Negras 2015 - Conceição Evaristo

Marcha das Mulheres Negras contra o Racismo e a Violência e pelo Bem Viver acontecerá, em 18 de novembro de 2015, em Brasília e o Acervo Cultne cumpre o seu papel aglutinador entrevistando mulheres negras envolvidas no projeto. Na oportunidade entrevistamos Conceição Evaristo.

Marcha das Mulheres Negras 2015 - Cleusa Aparecida

Marcha das Mulheres Negras contra o Racismo e a Violência e pelo Bem Viver acontecerá, em 18 de novembro de 2015, em Brasília e o Acervo Cultne cumpre o seu papel aglutinador entrevistando mulheres negras envolvidas no projeto. Na oportunidade entrevistamos Cleusa Aparecida.

Marcha das Mulheres Negras 2015 - Carolina Câmara Pires

Marcha das Mulheres Negras contra o Racismo e a Violência e pelo Bem Viver acontecerá, em 18 de novembro de 2015, em Brasília e o Acervo Cultne cumpre o seu papel aglutinador entrevistando mulheres negras envolvidas no projeto. Na oportunidade entrevistamos Carolina Câmara Pires.

Marcha das Mulheres Negras - Verônica Pereira

A atriz, educadora social e acrobata Verônica Pereira falou a o Cultne no último dia 30 de julho de 2017, na orla da Praia de Copacabana que reuniu cerca de 5 mil pessoas para a mobilização no Rio de Janeiro da Terceira Marcha das Mulheres Negras, organizada pelo Fórum de Mulheres Negras do RJ que celebrou a passagem do Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho. As ativistas defenderam os direitos das mulheres negras a maior acesso à educação de qualidade, à saúde, ao convívio em comunidade e à segurança, na marcha que celebrou o Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho, e os dez anos da Lei 5071/2007, que instituiu a data no calendário oficial do estado do Rio de Janeiro.

Marcha das Mulheres Negras - Verônica Bonfim

A atriz, cantora, escritora e engenheira florestal Verônica Bonfim falou a o Cultne no último dia 30 de julho de 2017, na orla da Praia de Copacabana que reuniu cerca de 5 mil pessoas para a mobilização no Rio de Janeiro da Terceira Marcha das Mulheres Negras, organizada pelo Fórum de Mulheres Negras do RJ que celebrou a passagem do Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho. As ativistas defenderam os direitos das mulheres negras a maior acesso à educação de qualidade, à saúde, ao convívio em comunidade e à segurança, na marcha que celebrou o Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho, e os dez anos da Lei 5071/2007, que instituiu a data no calendário oficial do estado do Rio de Janeiro.

Marcha das Mulheres Negras - Neusa das Dores Pereira

A ativista, professora e diretora da organização Coisa de Mulher, Neusa das Dores Pereira falou a o Cultne no último dia 30 de julho de 2017, na orla da Praia de Copacabana que reuniu cerca de 5 mil pessoas para a mobilização no Rio de Janeiro da Terceira Marcha das Mulheres Negras, organizada pelo Fórum de Mulheres Negras do RJ que celebrou a passagem do Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho. As ativistas defenderam os direitos das mulheres negras a maior acesso à educação de qualidade, à saúde, ao convívio em comunidade e à segurança, na marcha que celebrou o Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho, e os dez anos da Lei 5071/2007, que instituiu a data no calendário oficial do estado do Rio de Janeiro.

Marcha das Mulheres Negras - Margarida Bárbara

A atriz e ativista Margarida Bárbara falou a o Cultne no último dia 30 de julho de 2017, na orla da Praia de Copacabana que reuniu cerca de 5 mil pessoas para a mobilização no Rio de Janeiro da Terceira Marcha das Mulheres Negras, organizada pelo Fórum de Mulheres Negras do RJ que celebrou a passagem do Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho. As ativistas defenderam os direitos das mulheres negras a maior acesso à educação de qualidade, à saúde, ao convívio em comunidade e à segurança, na marcha que celebrou o Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho, e os dez anos da Lei 5071/2007, que instituiu a data no calendário oficial do estado do Rio de Janeiro.

Marcha das Mulheres Negras - Marcelle Esteves

A ativista do Movimento LGBT, Fórum das Mulheres Negras do RJ e membro da organização da marcha, Marcelle Esteves falou a o Cultne no último dia 30 de julho de 2017, na orla da Praia de Copacabana que reuniu cerca de 5 mil pessoas para a mobilização no Rio de Janeiro da Terceira Marcha das Mulheres Negras, organizada pelo Fórum de Mulheres Negras do RJ que celebrou a passagem do Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho. As ativistas defenderam os direitos das mulheres negras a maior acesso à educação de qualidade, à saúde, ao convívio em comunidade e à segurança, na marcha que celebrou o Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho, e os dez anos da Lei 5071/2007, que instituiu a data no calendário oficial do estado do Rio de Janeiro.

Marcha das Mulheres Negras - Mãe Inês D'Iansã

A Ialorixá Mãe Inês D'Iansã falou a o Cultne no último dia 30 de julho de 2017, na orla da Praia de Copacabana que reuniu cerca de 5 mil pessoas para a mobilização no Rio de Janeiro da Terceira Marcha das Mulheres Negras, organizada pelo Fórum de Mulheres Negras do RJ que celebrou a passagem do Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho. As ativistas defenderam os direitos das mulheres negras a maior acesso à educação de qualidade, à saúde, ao convívio em comunidade e à segurança, na marcha que celebrou o Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho, e os dez anos da Lei 5071/2007, que instituiu a data no calendário oficial do estado do Rio de Janeiro.

Marcha das Mulheres Negras - Iya Lucia D'Oxum

A Iyalorixá e membro da organização da marcha, Lúcia D'Oxum falou a o Cultne no último dia 30 de julho de 2017, na orla da Praia de Copacabana que reuniu cerca de 5 mil pessoas para a mobilização no Rio de Janeiro da Terceira Marcha das Mulheres Negras, organizada pelo Fórum de Mulheres Negras do RJ que celebrou a passagem do Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho. As ativistas defenderam os direitos das mulheres negras a maior acesso à educação de qualidade, à saúde, ao convívio em comunidade e à segurança, na marcha que celebrou o Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho, e os dez anos da Lei 5071/2007, que instituiu a data no calendário oficial do estado do Rio de Janeiro.

Marcha das Mulheres Negras - Flávia Souza

A professora e coreógrafa Flávia Souza falou a o Cultne no último dia 30 de julho de 2017, na orla da Praia de Copacabana que reuniu cerca de 5 mil pessoas para a mobilização no Rio de Janeiro da Terceira Marcha das Mulheres Negras, organizada pelo Fórum de Mulheres Negras do RJ que celebrou a passagem do Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho. As ativistas defenderam os direitos das mulheres negras a maior acesso à educação de qualidade, à saúde, ao convívio em comunidade e à segurança, na marcha que celebrou o Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho, e os dez anos da Lei 5071/2007, que instituiu a data no calendário oficial do estado do Rio de Janeiro.
20
Marchas Negras 17:03
EP20 - Cadê o Amarildo

Cadê o Amarildo

Amarildo Dias de Souza (Rio de Janeiro, 1965/1966) era um ajudante de pedreiro brasileiro, morador da Rocinha, que ficou conhecido nacionalmente por conta de seu desaparecimento, desde o dia 14 de julho de 2013, após ter sido detido por policiais militares e conduzido da porta de sua casa, na Favela da Rocinha, em direção a sede da Unidade de Polícia Pacificadora do bairro. Seu desaparecimento tornou-se símbolo de casos de abuso de autoridade e violência policial.1 Os principais suspeitos no desaparecimento de Amarildo são da própria polícia.

Marcha das Mulheres Negras - Carla Lopes

A professora e historiadora Carla Lopes falou a o Cultne no último dia 30 de julho de 2017, na orla da Praia de Copacabana que reuniu cerca de 5 mil pessoas para a mobilização no Rio de Janeiro da Terceira Marcha das Mulheres Negras, organizada pelo Fórum de Mulheres Negras do RJ que celebrou a passagem do Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho. As ativistas defenderam os direitos das mulheres negras a maior acesso à educação de qualidade, à saúde, ao convívio em comunidade e à segurança, na marcha que celebrou o Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho, e os dez anos da Lei 5071/2007, que instituiu a data no calendário oficial do estado do Rio de Janeiro.
19
Marchas Negras 16:35
EP19 - Somos tod@s Claudia!!

Somos tod@s Claudia!!

Ato público “Somos tod@s Cláudia” organizado pelo Movimento Negro e demais entidades no último dia 05 de Abril de 2014 em Madureira, zona norte do Rio de Janeiro. Os manifestantes protestaram contra o genocídio e descaso que vive a população negra no Rio de Janeiro.

Marcha das Mulheres Negras - Benedita da Silva

A Deputada Federal Benedita da Silva falou a o Cultne no último dia 30 de julho de 2017, na orla da Praia de Copacabana que reuniu cerca de 5 mil pessoas para a mobilização no Rio de Janeiro da Terceira Marcha das Mulheres Negras, organizada pelo Fórum de Mulheres Negras do RJ que celebrou a passagem do Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho. As ativistas defenderam os direitos das mulheres negras a maior acesso à educação de qualidade, à saúde, ao convívio em comunidade e à segurança, na marcha que celebrou o Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho, e os dez anos da Lei 5071/2007, que instituiu a data no calendário oficial do estado do Rio de Janeiro.

Marcha das Mulheres Negras - Bebel Du Ghetto

A rapper e MC Bebel Du Ghetto falou a o Cultne no último dia 30 de julho de 2017, na orla da Praia de Copacabana que reuniu cerca de 5 mil pessoas para a mobilização no Rio de Janeiro da Terceira Marcha das Mulheres Negras, organizada pelo Fórum de Mulheres Negras do RJ que celebrou a passagem do Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho. As ativistas defenderam os direitos das mulheres negras a maior acesso à educação de qualidade, à saúde, ao convívio em comunidade e à segurança, na marcha que celebrou o Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho, e os dez anos da Lei 5071/2007, que instituiu a data no calendário oficial do estado do Rio de Janeiro.

Marcha das Mulheres Negras 2017 - Rosiane Rodrigues

A escritora e Yalorixá Rosiane Rodrigues falou a o Cultne no último dia 30 de julho de 2017, na orla da Praia de Copacabana que reuniu cerca de 5 mil pessoas para a mobilização no Rio de Janeiro da Terceira Marcha das Mulheres Negras, organizada pelo Fórum de Mulheres Negras do RJ que celebrou a passagem do Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho. As ativistas defenderam os direitos das mulheres negras a maior acesso à educação de qualidade, à saúde, ao convívio em comunidade e à segurança, na marcha que celebrou o Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, com data oficial em 25 de julho, e os dez anos da Lei 5071/2007, que instituiu a data no calendário oficial do estado do Rio de Janeiro.

Marcha das Mulheres -Fotografia Jorge Ferreira - Ep . 4

Cultne com imagens e edição de Filó Filho registrou a marcha de milhares de mulheres no dia 8 de março no centro do Rio de Janeiro, com a presença do movimento negro, representado pelas mulheres negras, ativistas e parlamentares como Benedita da Silva e Renata Souza.

Marcha das Mulheres -Fotografia Jose Andrade - Ep3

Cultne com imagens e edição de Filó Filho registrou a marcha de milhares de mulheres no dia 8 de março no centro do Rio de Janeiro, com a presença do movimento negro, representado pelas mulheres negras, ativistas e parlamentares como Benedita da Silva e Renata Souza.

Marcha das Mulheres - 8 de março 19 - Ep2

Cultne com imagens e edição de Filó Filho registrou a marcha de milhares de mulheres no dia 8 de março no centro do Rio de Janeiro, com a presença do movimento negro, representado pelas mulheres negras, ativistas e parlamentares como Benedita da Silva e Renata Souza.

Marcha das Mulheres - 8 de março 19 - Ep 01

Cultne com imagens e edição de Filó Filho registrou a marcha de milhares de mulheres no dia 8 de março no centro do Rio de Janeiro, com a presença do movimento negro, representado pelas mulheres negras e participação de Naomi Ogunwusi, rainha de Ifé, Nigéria em visita ao Brasil. Lá estiveram várias ativistas e parlamentares como Benedita da Silva e Renata Souza.

Mulheres na Rua - Parte 2

Em 8 de março de 1983 a Enugbarijo, registrou as mulheres de todos os segmentos da sociedade carioca que foram as ruas reivindicando os seus direitos, entre eles o direito de eleger o presidente do Brasil com base nas Diretas Já, (o que veio acontecer em 1984), a questão do aborto, do racismo, do direito as creches, entre outras Grande presença feminina e de crianças que aderiram a manifestação.

Mulheres na Rua - Parte 1

Em 8 de março de 1983 a Enugbarijó, com Vik e Ras Adauto registraram as mulheres de todos os segmentos da sociedade carioca que foram as ruas reivindicando os seus direitos, entre eles o direito de eleger o presidente do Brasil com base nas Diretas Já, (o que veio acontecer em 1984), a questão do aborto, do racismo , do direito as creches, entre outras. Grande presença feminina e de crianças que aderiram a manifestação.

A marcha das mulheres negras no Rio de Janeiro

Forte presença feminina nas Marcha das Mulheres Negras em 30 de julho de 2017 na orla de Copacabana na cidade do Rio de Janeiro. Lá estiveram milhares de mulheres lutando pelo bem viver.

MANIFESTAÇÕES NEGRAS - ONTEM E HOJE (1988 - 2020)

Paralelo da violência policial junto a ativistas em 1988 e 2020. Façam sua reflexão. A Marcha do Movimento Negro aconteceu em 20 de Novembro de 1988 na centro da cidade do Rio de Janeiro, no trajeto da Candelária ao Monumento Zumbi dos Palmares. Em 2020, jovens ativistas em meio a pandemia do Covid-19, marcharam da Candelária em direção ao Monumento Zumbi dos Palmares sob a escolta pesada da Polícia Militar.

Ato contra o Genocídio da Juventude Negra - 2015

Mobilização da juventude negra em 03 de dezembro de 2015, em Madureira bairro da zona norte da cidade do Rio de Janeiro após a chacina onde 111 tiros foram disparados por policiais militares contra cinco jovens negros, e depois tentaram plantar uma arma no carro das vítimas. Os sonhos dos cinco rapazes foram interrompidos por mais de 100 tiros de fuzis e pistolas disparados pelos PMs do 41º BPM no dia 28 de Novembro de 2015.

Marcha do Centenário da Abolição em 1988 - Fragmentos

Fragmentos da Marcha de 1988 produzido e dirigido por Delanyr Dias para o documentário "A partir de hoje" para o centenário da Abolição em 1988. Com imagens e fotografia de Ayrton Vieira; roteiro de Delanyr Cerqueira, iluminação e equipamento de Edayr Azevedo; reportagens de C.R. Veríssimo e Renato Radical.

Reunião 2005 - Marcha Zumbi dos Palmares + 10

I Reunião Nacional de Planejamento da Marcha Zumbi dos Palmares + 10 - 2004 Produção de vídeos: Edna Cristina Edição: Jefferson Oliveira Ìrohìn - Centro de Documentação, Comunicação e Memória Afro-brasileira Agradecemos a Edson Lopes Cardoso, do Ìrohìn, por autorizar a incorporação deste documento ao Acervo Cultne.

Marcha de 88 - Reflexão 125 anos

A Marcha do Movimento Negro marcou em 1988 o centenário da Abolição da Escravatura. Apesar de já combinado a rota da marcha, os manifestantes foram barrados por um forte aparato de Policia Militar e o Exército impediu a passeata de chegar ao monumento do Zumbi dos Palmares na Praça Onze, no centro do Rio de Janeiro.
4
Marchas Negras 07:33
EP4 - A Marcha Negra - 1988

A Marcha Negra - 1988

Movimento Negro em 1988 em marcha no centro do Rio de janeiro, denunciando o racismo e na lutas contra as desigualdades.

1988 - A Marcha e a Farsa

Movimento Negro em marcha no centro do Rio de Janeiro, entra em confronto com um aparato militar que não deixa a marcha avançar em direção ao Monunento de Zumbi dos Palmares em 11 de maio de 1988.

Marcha Zumbi dos Palmares - 1995 - Brasília DF

Marcha Zumbi dos Palmares - 1995 Brasília - DF Direção e Roteiro: Edna Cristina Ipê - Vídeo, Produção e Comunicação Agradecemos a Edson Lopes Cardoso, do Ìrohìn, por autorizar a incorporação deste documento ao Acervo Cultne.

Movimento Negro 1983 - Marcha e Ato - 20 de Novembro

Marcha e ato público do Movimento Negro no 18 de Novembro de 1983 com imagens de Ras Adauto e Vik Birkbeck para a Enugbarijö Comunicações e edição de Filó Filho para o Acervo Cultne. Cerca de 5 mil pessoas participaram da marcha organizada pelo Movimento Negro, reunindo organizações do Movimento, partidos políticos, CNBB, entre outras.
5
Cultne na TV 27:56
EP5 - Programa Rute Sales
3
Nossas Histórias 39:03
EP3 - Historiador Amilcar Pereira
12
Abdias do Nascimento 01:42
EP12 - Prêmio Abdias - Internet
20
Shows e eventos 08:59
EP20 - Vissungo - SOS Racismo
8
Playlist - Favoritos d... 10:21
EP8 - Reinaldo no Miss Negra São Paulo
20
No balanço do Reggae 04:19
EP20 - Show Macdonis - Reggae
18
Sala de Aula 07:57
EP18 - André Rebouças
8
Shows e Eventos 05:38
EP8 - Alberto Jahsie - Cantor
3
Cultne Quarentena 1:02:33
EP3 - Violência Urbana