O Negro e Publicidade - Elé Semog

No ano do Centenário da Abolição em 1988 na Cave do Empresário, no centro do Rio de Janeiro, vários militantes e artistas deram depoimento sobre o Negro e a Publicidade, entre eles o fotógrafo Januário Garcia, o poeta Carlos Semog, o escritor Joel Rufino, o compositor Luis Carlos da Vila, o professor Celby Rodrigues, a professora Lélia Gonzales, o produtor Don Marco Maguila, o jornalista Luiz Carlos Rego, as atrizes Ruth de Souza e Elisa Lucinda, o ativista Justo de Carvalho, o engenheiro Filó Filho e os atores Paulão e Zózimo Bulbul.
8
Poeta Elé Semog 28:37
EP8 - Programa Éle Semog

Programa Éle Semog

Programa Cultne na TV exibido em 2 de dezembro de 2017 na TV Alerj tendo como convidado o poeta e professor Elé Semog.
7
Poeta Elé Semog 01:41
EP7 - Negra Poesia - Elé Semog

Negra Poesia - Elé Semog

Em 10 de junho de 2011,o poeta e escritor Elé Semog falou ao Cultne na livraria KITABU - a única livraria de literatura negra do Rio de janeiro, onde foi lançado o livro "FELA -- Esta Vida Puta".

Camélia da Liberdade - Semog

Em 10 de junho de 2011,o poeta e escritor Elé Semog falou ao Cultne na livraria KITABU - a única livraria de literatura negra do Rio de Janeiro, sobre o projeto Camélia da Liberdade lançado pelo CEAP - Centro de Apoio as Populações Marginalizadas. O projeto Camélia da Liberdade, que tem como slogan "Ação Afirmativa, Atitude Positiva" em sua campanha, pretende sensibilizar a sociedade para a valorização e respeito diante da diversidade racial e étnica, e dar visibilidade à contribuição histórica dos afro-descendentes na formação e desenvolvimento do Brasil, trabalhando ainda no fomento acerca do entendimento das ações afirmativas.

Livro Fela Esta Vida Puta - Semog

Em 10 de junho de 2011,o poeta e escritor Elé Semog falou ao Cultne na livraria KITABU - a única livraria de literatura negra do Rio de Janeiro, onde foi lançado o livro "FELA -- Esta Vida Puta". O livro é a primeira tradução para o português da biografia oficial do nigeriano Fela Kuti, escrito pelo Professor Carlo Moore.
4
Poeta Elé Semog 06:01
EP4 - Poesia Negra de Éle Semog

Poesia Negra de Éle Semog

Ras Adauto entrevista o poeta Ele Semog no SESC em 1985. Éle Semog é um dos mais renomados poetas negros do Brasil. Nascido em Nova Iguaçu, seus poemas estão em livros, como O arco-íris negro (1979) e Atabaques ( 1984), em parceria com José Carlos Limeira e A cor da demanda (1997). Colaborou em antologias, como A razão da chama (1986) e escreve em periódicos como o Cadernos Negros. No prefácio de Atabaques, escrito em 1979, Oliveira Silveira chama a atenção para a diferença entre a poesia de Éle Semog e "...poetas negros alienados ou letristas de samba-enredo crioulo doido, tecendo loas à princesa e uma abolição enganosa". Isto reforça a tese aqui defendida de que a poesia negra contemporânea é uma releitura radical do Brasil e, portanto, do próprio negro. Éle Semog é um dos poetas desmistificadores da história oficial do Brasil. Em Atabaques, nos poemas agrupados sob o título de Terceiro exercício: Identificar, Semog resgata historicamente a identidade e a dignidade da raça negra em trabalhos como Tentativa de assassinato, Atabaques, "Rosas e abutres" , e Se ela faz eu desfaço.

Elé Semog na Marcha de 1988

Entrevistas de Ele Semog durante a marcha de 1988. Delanyr Dias produziu e dirigiu o documentário "A partir de hoje" para o centenário da Abolição em 1988. Com imagens e fotografia de Ayrton Vieira; roteiro de Delanyr, iluminação e equipamento de Edayr Azevedo; reportagens de C.R. Veríssimo e Renato Radical; transporte de Telmo e Ayrton Vieira; ao som do berimbau de Mestre Pirata; e a música Kissange de Spirito Santo (Vissungo); assistência de direção de Renato Radical; edição da Guapi Vídeo Produções e elenco de apoio com Marcio Alexandre, Erivaldo Cesar, Marcio, Amauri, Fátima, Wilson e Carlinhos o documentário abordou vários aspectos da comunidade afro-brasileira.

III Encontro Poetas e Ficcionistas Negros - Pt 2

Em setembro de 1987, Cor da Pele acompanhou o III Encontro de Poetas e Ficcionistas Negros, realizado no Sesc de Petrópolis, na região serrana de Petrópolis. La estiveram vários artistas entre eles Cuti, Ele Semog, Hermogenes, Arnaldo Xavier, Miriam Alves, Esmeralda Ribeiro, Oubi Inaê Kibuko, Delei de Acari, Aristides Barbosa, Justo de Carvalho, Januário Garcia, entre outras feras. O poeta J. Abílio, gentilmente comandou as entrevistas da cobertura da CP Produções/Cor da Pele. Literatura Negra e Literatura Periférica: Ideias como Forças Sociais

III Encontro Poetas e Ficcionistas Negros - Pt 1

Em setembro de 1987, Cor da Pele acompanhou o III Encontro de Poetas e Ficcionistas Negros, realizado no Sesc de Petrópolis, na região serrana de Petrópolis. La estiveram vários artistas entre eles Cuti, Ele Semog, Hermogenes, Arnaldo Xavier, Miriam Alves, Esmeralda Ribeiro, Oubi Inaê Kibuko, Delei de Acari, Aristides Barbosa, Justo de Carvalho, Januário Garcia, entre outras feras. O poeta J. Abílio, gentilmente comandou as entrevistas da cobertura da CP Produções/Cor da Pele. Literatura Negra e Literatura Periférica: Ideias como Forças Sociais
5
Cultne na TV 27:56
EP5 - Programa Rute Sales
17
2
Movimento Negro Contem... 14:09
EP2 - Paulo Paim - Cidadão Carioca
1
Movimento Negro Contem... 05:06
EP1 - Parabéns Renascença Clube - 66 anos
18
Sala de Aula 07:57
EP18 - André Rebouças
3
Cultne Quarentena 1:02:33
EP3 - Violência Urbana
1
Martinho da Vila 01:51
EP1 - Martinho da Vila - Kizomba